24-11-2016

Por Joana Fins Faria *
 
O que são Hubs Criativos? Onde estão?
O que é a criatividade?
Que forma e impacto tem a criatividade na organização empresarial nos nossos dias?

 
Em tempos de mudança de paradigma é a criatividade que nos pode salvar. Quase tudo pode ser robotizado nos nossos dias excepto a criatividade. A criatividade é hoje um denominador constante e omnipresente, que nos exige um estado de alerta ao segundo. Neste contexto surgiu o projecto European Creative Hubs Network, co-fundado pela Comissão Europeia, através do Programa Europa Criativa e a integrar a estratégia da Cultura nas Relações Externas. O European Creative Hubs Network (ECHN) é um projecto de 2 anos liderado pelo British Council em parceria com 6 Hubs Criativos na Europa: Bios na Grécia, Addict em Portugal, betahaus na Alemanha, Kulturni Kod/Nova Iskra na Sérvia, Creative Edinburgh no Reino Unido e Factoria Cultural em Espanha.
 
Mas afinal o que é um Creative Hub? 
Creative Hubs são plataformas ou espaços de trabalho para artistas, músicos, designers, realizadores de cinema, app developpers e empreendedores de start-ups. Caracterizam-se por apresentarem estruturas únicas, autênticas e peculiares, diversificadas na estrutura, sector e serviços; podem tomar forma como cooperativas ou colectivos, podem ser estáticos, móveis ou online. Um Creative Hub permite o aglomerar de muitos criativos. Pode diferir de tamanho e de foco mas essencialmente, tal como a palavra hub nos transmite, é um aglomerar que nos permite a unidade, a união, que inspira e promove a comunidade. Podem exemplificar por favor?
O Todos  é um creative hub em Lisboa. Debaixo dum mesmo tecto encontramos uma equipa multidisciplinar e empresas de conteúdos e produção de media que oferecem serviços integrados e diferentes pontos de vista criativos.

O ECHN promove a troca de experiências, de sucessos e de fracassos entre os creative hubbers, mapeando os mesmos na plataforma http://creativehubs.eu/ que te convidamos a integrar, promove fóruns, workshops e projectos peer-to-peer.
 
* Assumida "creative, spiritual e trailblazer", Joana Fins Faria é diretora executiva da ADDICT - Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas.
 
Este artigo não foi escrito ao abrigo do Acordo Ortográfico. Na imagem, Joana Fins Faria fotografada por Sara Correia.

OUTRAS NOTÍCIAS
A rentrée tem bons eventos literários

A rentrée tem bons

eventos literários

Escola de Startups do UPTEC chega à 10.ª edição

Escola de Startups do

UPTEC chega à 10.ª ediç...

Estes são os vencedores do Prémio!

Estes são os

vencedores do Prémio!

O CLAB convida-te para Serralves

O CLAB convida-te

para Serralves

Este violino venceu um iF Design Award

Este violino venceu

um iF Design Award

O grande cinema gosta de Sound Particles

O grande cinema gosta

de Sound Particles

O que podes ganhar com o Prémio?

O que podes ganhar

com o Prémio?

MAIS NOTÍCIAS  1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14   15   16   17   18   19   20   21